Manifesto Eletrônico - Protheus

Página 7 de 7Next

MDF-e - Protheus

MDF-e Consultoria SAP B1 Ribeirao Preto

MDF-e - Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais  

Produto

  • Desenvolvida nova funcionalidade a ser incluída no modulo de Faturamento capaz de permitir a manifestação de documentos fiscais eletrônicos para contribuintes que utilizam pequenas frotas próprias para entrega de suas mercadorias e não fazem uso dos módulos de logística do ERP Microsiga Protheus.
  • Através desta nova funcionalidade, é possível realizar a construção, edição, transmissão, consulta de status e encerramento do MDF-e, bem como a impressão do DAMDFE - Documento Auxiliar do MDF-e.

Procedimentos para Utilização
No Faturamento (SIGAFAT) acesse Atualizações/Faturamento/MDF-e (SPEDMDFE).
O sistema ira verificar a conectividade com o TSS – TOTVS® Service Soa. Caso a sua configuração não esteja presente, será apresentado ao usuário um wizard prático que o orientará no processo de configuração. Em caso de dúvidas, sugerimos a leitura dos boletins técnicos desta ferramenta em especifico.
Após a validação com a conexão do TSS, é apresentada a tela de filtros, aonde é possível definir por “Status” e “Série” quais documentos do MDF-e o usuário deseja consultar. Confirme as preferências por meio do botão OK.
Por meio da mBrowse, são demonstrados os documentos do MDF-e já existentes, acompanhados de seus respectivos status. Utilize a opção “Incluir”, localizada na parte inferior da tela para prosseguir com a inclusão de um novo documento.
O formulário de inclusão do MDF-e tem uma aparência intuitiva e é subdivido em três partes (Documentos, Carregamento/Percurso, Outros), além do cabeçalho.
Na parte superior é apresentado o cabeçalho. Utilize os campos “UF Carregamento” e “UF Descarregamento” para definir as Unidades Federativas aonde ocorreram as operações de carga e descarga da mercadoria. O campo “Veiculo” deve ser utilizado para preenchimento com o código do cadastro de veículos (tabela DA3) qual os documentos fiscais (NF-e) foram emitidos. Note que ao preencher o campo “Veiculo”, a guia “Documentos” será automaticamente filtrada, exibindo ao usuário apenas as notas fiscais de saída autorizadas, associados ao veículo e que ainda não sofreram associação a um manifesto.

Importante
A construção do documento do MDFe tem como uma das bases principais o cadastro de veículos do Microsiga Protheus, qual foi associado na(s) NFe(s) utilizadas. Logo, é importante que seja verificada a integridade dos dados das tabelas DA3 (Cadastro de Veículos), DA4 (Cadastro de Motoristas), DUT (Tipos de Veículos) e o correto vínculo com a tabela de fornecedores SA2 para formulação dos dados de proprietário. A ausência de dados nestas tabelas resultam na rejeição do documento criado.
Os campos responsáveis pela geração das tags <tpRod> e <tpCar> são DUT_TIPROD e DUT_TIPCAR respectivamente, criados através da execução do compatibilizador de Gestão de transportes "TMSP11R1", Id. "TMS11R107".
Ao marcar uma nota fiscal de saída para compor o novo manifesto em criação, é apresentado ao usuário uma caixa de diálogo qual deve ser preenchida com o código do município aonde ocorreu a operação de descarregamento da mercadoria associada a NF recém marcada. Observe que esta é uma informação obrigatória exigida pelo fisco qual deve ser preenchida utilizando-se o código de numeração de municípios do IBGE. Em caso de dúvidas, está disponível uma consulta padrão para auxiliar o usuário com a relação de códigos de municípios brasileiros.
Na guia “Carregamento/Percurso” devem ser preenchidos todos os municípios de carregamento do veículo, bem como todas as siglas de Unidades Federativas que compõe a rota (percurso) do veículo utilizado no manifesto. Em caso de dúvidas, recomendamos a leitura dos manuais de orientação do MDF-e disponíveis em https://mdfe-portal.sefaz.rs.gov.br.
A guia “outros” apresentam informações adicionais não-obrigatórias do MDF-e, como a inclusão de informações complementares e fiscais, a possibilidade de inclusão de números de CPF e/ou CNPJ autorizados a consultar o documento criado junto ao portal do MDF-e e a inclusão dos códigos de lacres associados a operação do manifesto.
Após concluir o preenchimento das informações desejadas, utilize a opção “Confirmar” para gravar os dados no banco de dados do ERP.
A partir de um manifesto gravado e não transmitido, é possível ao usuário realizar as operações de alteração (desde que o código do veículo utilizado se mantenha o mesmo), de visualização, (Para confirmação das informações registradas) e de exclusão.
Configure os parâmetros necessários (Ambiente, Modalidade, Versão) para Transmissão, Cancelamento e Encerramento do MDF-e através da opção “Parâmetros”, em “Ações Relacionadas”.
Por meio do botão “Ações Relacionadas” estão disponíveis as opções de “Gerenciamento do Mdfe”, responsável pelas operações de Transmissão, Monitoramento, Cancelamento e Encerramento dos documento já transmitidos dentro do prazo legal. Também está disponível a opção “Imprimir Damdfe”, qual tem por finalidade realizar a impressão do documento auxiliar do manifesto de documentos fiscais eletrônicos.
Importante
Visando facilitar a compreensão e absorção dos conceitos do manifesto de documentos fiscais eletrônicos, incluindo suas regras de validação e prazos, recomendamos a leitura integral dos manuais do contribuinte disponíveis no portal do MDF-e.

Página 7 de 7Next